Notícias

Atividades ABTRA - 19/08/2019

Presidente e diretor da ABTRA são condecorados pelo presidente Jair Bolsonaro

A condecoração é concedida pelo governo a personalidades que contribuem para aumentar a competitividade do setor de transportes no Brasil.

 

O presidente da ABTRA, Bayard Umbuzeiro Filho, e o diretor-executivo, Angelino Caputo, receberam a Medalha do Mérito Mauá, na categoria Cruz de Mauá, em solenidade hoje à tarde, em Brasília, que contou a presença do presidente Jair Bolsonaro.

 

“Recebo com grande satisfação esta honraria, em nome de meus amigos empresários e executivos que, nesses 30 anos de atuação da ABTRA, vêm ampliando a parceria com o Poder Público em prol do avanço da cadeia logística de transportes, do comércio exterior e da economia do País. E compartilho esta homenagem com os nossos associados, parceiros e colaboradores”, declarou Bayard.

 

“É uma grande honra receber esse reconhecimento entre tantas personalidades importantes, que muito contribuíram para o desenvolvimento do setor de transportes brasileiro”, acrescentou Angelino.

 

Publicação: 19/08/2019

 

Fonte: ABTRA

 

Imagem: ABTRA 

 

 

 

Atividades ABTRA - 09/08/2019

Ministério da Infraestrutura vai entregar medalha do Mérito Mauá para Dirigentes da ABTRA na quinta-feira (15/08)

A condecoração é concedida a personalidades que contribuem para aumentar a competitividade do setor de transportes no Brasil

 

O Presidente do Conselho de Administração da ABTRA, Bayard Freitas Umbuzeiro Filho, e o diretor-executivo Angelino Caputo serão condecorados com a medalha Ordem Nacional Barão de Mauá, na classe Cruz Mauá, conforme decreto presidencial publicado hoje (09/08) no DOU.

 

A solenidade de entrega das comendas será na próxima quinta-feira (15/08), às 16 horas, no Clube Naval, em Brasília.

 

Juntamente com os dois dirigentes da ABTRA, outras 177 autoridades e personalidades receberão a insígnia, dentre elas, o Ministro Paulo Guedes, o Senador Wellington Antônio Fagundes, o Diretor-Presidente da CODESP Casemiro Tércio Carvalho, o Secretário-Executivo do Ministério da Infraestrutura, Marcelo Sampaio Cunha Filho, o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni e Silva, e o Diretor-Geral da ANTAQ, Mário Povia.

 

A MEDALHA BARÃO DE MAUÁ - foi instituída em 1965 pelo Decreto nº 55.475/65 e restabelecida pelo Decreto nº 3.047/99. Foi criada para homenagear personalidades nacionais e estrangeiras que contribuem para o desenvolvimento e progresso do setor de transportes e comércio exterior. É símbolo de reconhecimento ao patrono da Pasta, Irineu Evangelista de Sousa, o Visconde de Mauá, e é dividida em duas categorias: Serviços Relevantes e Cruz de Mauá. Recebem a Cruz Mauá aqueles que tenham participado com “valiosa cooperação para a concretização dos objetivos previstos nos planos e programas de trabalho do setor transporte e aqueles que, pelo profundo conhecimento de técnicas próprias de suas atividades, hajam apresentado contribuição efetiva à elevação do nível de eficiência do serviço”.

 

A ABTRA - Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados está completando 30 anos de atuação como representante das 50 principais empresas administradoras de recintos alfandegados focados na movimentação e armazenagem de cargas, onde é realizada a anuência das mercadorias de importação e exportação. Defende os interesses comuns de seus associados, além de desenvolver soluções tecnológicas para agilizar o fluxo logístico portuário do comércio exterior brasileiro, em parceria com os órgãos públicos anuentes.

 

BAYARD UMBUZEIRO FILHO - Presidente do Conselho de Administração da ABTRA, é também o diretor-presidente da Transbrasa-Transitária Brasileira. Foi vice-presidente da Associação Comercial de Santos e presidente-fundador da Associação Profissional dos Terminais Retroportuários de Santos, Guarujá e Cubatão.

 

ANGELINO CAPUTO E OLIVEIRA - Diretor-executivo da ABTRA, foi diretor-presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo, diretor de Planejamento e Gestão na Infraero e secretário-adjunto de Tecnologia da Informação e Comunicações do então Ministério do Planejamento.

 

Fonte: ABTRA

 

Imagem: InfoMoney

 

 

Atividades ABTRA - 22/02/2019

Programa Bom Dia Baixada.

A edição do de hoje entrevista os executivos Angelino Caputo e Maurício Toledo sobre a atuação da ABTRA, a agenda portuária nacional e os desafios do comércio exterior.  Acesse no link

Atividades ABTRA - 18/01/2019

ABTRA tem novo Gerente-Executivo

Maurício Toledo assumiu nesta semana a gerência executiva da ABTRA, de acordo com a decisão do Conselho de Administração da entidade, presidido pelo empresário Bayard Umbuzeiro Filho.

 

Na nova função, Toledo passa a compor a equipe técnica da Associação, com foco nas ações em defesa dos interesses das 52 empresas portuárias associadas e no desenvolvimento sustentável do setor.

 

Seguirá na articulação de parcerias com os poderes públicos em favor da estabilidade jurídica e regulatória no setor portuário e estará à frente dos compromissos firmados pelo Brasil no Acordo de Facilitação de Comércio Exterior, entre os quais, a implantação do Portal Único e do programa OEA, reforçando a participação da ABTRA na cadeia logística.

 

Com XX anos de experiência no mercado, o novo gerente executivo da ABTRA ocupou a gerência da área de segurança da Libra Terminas, e, recentemente, a gerência de relações institucionais da Mediterranean Shipping Company (MSC).

 

ABTRA – atua há 29 anos como representante das 52 principais empresas portuárias administradoras de recintos alfandegados focados na movimentação e armazenagem de contêineres, cargas soltas, veículos e granéis nos principais estados portuários do Brasil.

 

Fonte: ABTRA

 

Imagem: Assessoria de Imprensa ABTRA

Atividades ABTRA - 27/11/2018

Seminário internacional discute benefícios do Programa OEA para o comércio exterior

O evento “Programa OEA nas Américas", hoje, em São Paulo, reúne autoridades de Aduanas da América Latina, especialistas, empresários e entidades, entre as quais, a ABTRA.

 

A cerimônia de abertura contou com as presenças de Jorge Rachid, da RFB; Constanza Negri, da CNI; e John Edwin Mei, da Procomex. 

 

As Aduanas apresentaram o documento (reproduzido  seguir) reafirmando a importância de um Acordo de Reconhecimento Mútuo (MRA) dos Programas da OEA das Administrações Aduaneiras das Américas e a intenção de fortalecer o desenvolvimento de atividades voltadas para a segurança da cadeia internacional do comércio exterior.

 

DECLARACIÓN DE LA REUNIÓN DE DIRECTORES GENERALES DE ADUANAS

 

SÃO PAULO, BRASIL, 27 DE NOVEMBRO DE 2018.

 

“DECLARACIÓN DE SÃO PAULO”

 

Los Directores Generales de Aduanas de la región de las Américas y sus representantes reunidos em la Ciudad de São Paulo, República Federativa de Brasil;

 

DESEOSOS de incentiver y promover la associatión entre los sectores público y privado mediante el fortalecimento de la figura de los Operadores Econômicos Autorizados (OEA);

 

REAFIRMANDO la importância de um Arreglo de Reconocimiento Mutuo (ARM) de los Programas OEA de las Administraciones Aduaneras de las Americas em aras de um commercio exterior más seguro y ágil, que conduza a la globalización de las reformas de seguridade vinculadas a la cadena de suministro;

 

DECLARAN su intencíon de:

 

1. Reforzar su compromisso y voluntad de apoyar el desarrollo de atividades tendientes a fortalecer la seguridade de la cadena de suministro internacional.

 

2. Alinearse a las tendências internacionales en matéria de negociación de arreglos de reconocimiento mutuo multilaterales, priorizando la optimización de los recursos humanos y económicos, y contributendo así a la integración comercial y económica de la región.

 

3. Desarrolar los trabajos pertinentes que permitam alcanzar um Arreglode Reconocimento Mutuo de sus Programas de Operador Econômico Autorizado.

 

4. Crear un Grupo Técnico de Trabajo coordenado por la Vicepresidencia Regional de la OMA e integrado por todas aquellas administraciones que deseen participar con la finalidad de realizar un diagnóstico situacional de la capacidade de implementación del ARM regional y proponer un Plan de Acción para alcanzar un  mayor grado de armonización y estandarización de sus programas OEA.

 

5. Facilitar el intercambio de experiencias y mejores prácticas en matéria de OEA que permitan la modernización de los servicios aduaneiros, la colaboración estrecha entre los mismos y com la demás agencias gubernamentales.

 

6. Incentivar el comercio intrarregional de los países firmantes, así como la integración privado con el fin de alcanzar los objetivos de la creación de un ARM de las Américas.

 

7. Mantener esta iniciativa aberta a adhesiones de otras administraciones aduaneiras interessadas en participar en el ARM de las Américas.

 

DESEOSOS de promover iniciativas de cooperación que permitan avanzar en un processo conjunto de negociación del reconocimento mutuo, a través de la identificacíon de las empresas que cumplan con estândares mínimos de seguridad en el desempeno de su rol em la cadena logística, y el reconocimento del estado de certificación de los Programas OEA de las partes a fin de otorgar benefícios a las empresas, reduciendo tempo de entrega y costos;

 

REAFIRMANDO la voluntad coletiva de promover iniciativas tendientes a la facilitación del comercio y a la seguridade de sus naciones y ciudadanos, a través de la colaboracíon entre sus servicios aduaneros;

 

CONFIRMANDO el propósito de cumplir con los princípios y estândares estabelecidos en  el Marco de Estándares para Asegurar y Facilitar el Comercio Global (Marco Normativo SAFE) de la Organización Mundial de Aduanas;

 

Imagem 01 | Imagem 02 | Imagem 03

 

Fonte: ABTRA

 

Imagem: Assessoria de imprensa ABTRA

 

Atividades ABTRA - 08/11/2018

ABTRA participa do 5º Encontro ATP

“O Decreto 9048/2017 resume o extenso processo de formatação de projetos e de avanço na regularização jurídica para estimular os investimentos privados no setor”, destacou o secretário-executivo do Ministério dos Transportes, Herbert Drummond, representando o ministro Valter Casemiro, durante a abertura do “5º Encontro ATP”, promovido pela Associação de Terminais Portuários Privados, realizada hoje (08/11), em Brasília. O evento contou com a presença de autoridades, especialistas, empresários e entidades, entre as quais, a ABTRA.

 

Imagem 01 | Imagem 02 | Imagem 03 

 

Fonte: ABTRA

 

Imagem: Assessoria de imprensa ABTRA

 

 

Atividades ABTRA - 07/11/2018

ABTRA participa do 2º Encontro Nacional de Assuntos Portuários, em Santos

Apresentações abordaram temas como regras da Antaq, regionalização do Porto de Santos e o sistema DTe

 

A Comissão de Assuntos Portuários e Marítimos da Câmara Municipal de Santos, realizou na última quarta-feira (31/10), o 2º Encontro de Assuntos Portuários, que contou com a presença de especialistas,empresários e representantes dos trabalhadores do setor. Os representantes da Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (ABTRA) também estiveram presentes no evento que tinha como objetivo debater temas contribuam para o desenvolvimento dos portos.  

 

O diretor-executivo da ABTRA, Angelino Caputo, participou do seminário para esclarecer o alcance do sistema DTe e a absoluta isenção da entidade quanto às práticas comerciais adotadas pelos terminaise recintos alfandegados em Santos.

 

O evento também contou com a participação do diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Mario Povia, sobre a regulação pela agência a respeito dos Portos.

 

Durante o seminário também foram discutidos os temas: Projetos de Regionalização do Porto de Santos, apresentado pelo presidente da Federação Nacional dos Operadores Portuários (Fenop), Sérgio Aquino; Taxa de escaneamento e ilegalidades nos Terminais, apresentado pelo presidente da Comissão de Direito Aduaneiro, Marítimo e Portuário da OAB/BA, Fernando Neves; Agruras dos exportadores de café no Porto de Santos, apresentado pelo diretor do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – Cecafé, Ronaldo Jamar Taboada; Como os Práticos se preparam para manobrar cargueiros de 366 metros, apresentado pelo diretor-superintendente da Praticagem São Paulo, Comandante Bruno Roquete Tavares; e Substituição dos trabalhadores avulsos, em especial no Porto de Santos, apresentado pelo presidente do Sindestiva, Rodnei Oliveira da Silva. 

 

A apresentação completa da ABTRA está disponível no Portal Infoporto Brasil via: http://www.infoportobrasil.org.br/estudoparecer/fluxo-logistico-das-cargas-de-importacao-no-porto-de-santos-e-o-sistema-dte

 

A íntegra do encontro pode ser assistida via: https://app.iptvmax.com/share.aspx?v=38V8YTTX52.

 

Fonte: ABTRA

Atividades ABTRA - 19/10/2018

ABTRA participa de reunião nacional do Vigiagro, na quarta (17-10), em Curitiba

Durante o evento, o ministro Blairo Maggi e o subsecretário de Administração Aduaneira da RFB, Marcus Vinicius Vidal Pontes, assinaram normativas para aprimorar o controle das cargas de comércio exterior
 
 
Mantenedora da conexão do Sistema de Informações Gerenciais do Trânsito Internacional de Produtos e Insumos Agropecuários (Sigvig), do Ministério da Agricultura, com o sistema de comunidade portuária em Santos conhecido como Declaração de Transferência Eletrônica (DTe), a Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados (ABTRA) representou suas associadas na Reunião Nacional do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), na última quarta-feira (17/10), na sede da FIEP, em Curitiba.
 
 
O encontro teve por objetivo discutir ações articuladas para ampliar a segurança e a celeridade no controle dos riscos fitossanitários das cargas de comércio exterior, em paralelo à desburocratização, com base noNovo Manual de Procedimentos do Vigiagro, publicado em 2017.
 
 
Entre as várias normativas assinadas pelo ministro Blairo Maggi, e que serão publicadas nos próximos dias, merece destaque a que institui o Programa OEA-Agro como módulo complementar ao OEA-Integrado definido na Portaria RFB 2384, de 13/07/2017.
 
 
O ministro também assinou instrução normativa conjunta com a RFB e a Anvisa criando Comissões Locais de Facilitação de Comércio (COLFACS) vinculadas ao Comitê Nacional de Facilitação do Comércio (Confac). Ele justificou as medidas ressaltando que “O custo da burocracia e da ineficiência equivale a um imposto de 14% no fluxo do comércio exterior brasileiro”.
 
 
O coordenador-geral do Vigiagro, Fernando Mendes, ressaltou que a implantação do sistema Sigvig Madeira no Porto de Santos, graças à interface desenvolvida pela ABTRA com os sistemas adotados pelos recintos alfandegados, fez os níveis de não conformidade caírem de 8% para 1%. E apontou a necessidade de tecnologias que permitam a inspeção remota on-line das cargas de anuência do MAPA.
 
 
O presidente do Conselho de Administração da ABTRA, Bayard Umbuzeiro Filho, o diretor-executivo Angelino Caputo, bem como o próprio subsecretário de Administração Aduaneira, Marcus Vinicius Vidal Pontes, lembraram a parceria entre a RFB e as empresas privadas representadas pela entidade de classe no Porto de Santos, que possibilita a atividade remota dos fiscais aduaneiros via Central de Operações e Vigilância (COV) e Central de Conferência Física Remota (Confere).
 
 
No período da tarde, outros dois os painéis trataram de ações articuladas no âmbito do Portal Único de Comércio Exterior e esclareceram dúvidas a respeito do novo Sistema SIGVIG e da habilitação de armazéns, terminais e recintos.
 
 
ABTRA – atua há 28 anos como representante das 53 principais empresas portuárias administradoras de recintos alfandegados focados na movimentação e armazenagem de contêineres, cargas soltas, veículos e granéis nos principais estados portuários do Brasil. E em nome dos setores portuário e retroportuário tem participado ativamente dos eventos alinhados com os compromissos firmados pelo Brasil no Acordo de Facilitação de Comércio Exterior, entre os quais, a implantação do Portal Único e do programa OEA .
 
 
Fonte: ABTRA
 
 
Imagem: Assessoria de Imprensa ABTRA